Say my name…

Eu ODEIO MEU NOME. E isso é um problema pra mim. Porquê todo mundo insiste em saber meu nome. Eu acho completamente desnecessário saber como eu me chamo na vida real, mas não, as pessoas da internet ainda insistem em saber como mamãe me batizou, dito isso contarei como eu descobri que meu nome tão odiado não é o meu nome.

Eu já nasci com apelido. Na minha família eu sou a Nega. Ou neguinha como minhas tias e tios me chamam ainda hoje, e meus irmãos e mãe me chama de nega. Em casa ninguém me chama pelo meu nome, nunca.

Na escola o tormento, todo mundo sem exceção errava meu nome, que já é horroroso sem erro. Cresci e veio a internet. Glória a Deus nas alturas eu não tinha que usar meu nome, a vamos de Fake. Passei toda época do Orkut sendo Michelle. Tem gente das antigas que me chama assim até hoje. Era um fake da mocinha de velozes e furiosos.

Então veio o Twitter, 2009 e fiz com meu nome real. Nas primeiras interações o Cid do Não Salvo zuou meu nome. E eu nunca senti tanta vergonha na vida e desisti dele pra sempre.

Durante anos fui Misantropia, eu amo esse nome. Combina demais comigo e tirei de uma música do Matanza. Quando o perfil do twitter caiu e tive que arrumar outra @ A Bajoriana por motivos que amo o planeta Bajor e DS9.

Nos meus jogos me chamam de Nyméria. Meus amigos mais íntimos me chamam de Ny. Todo mundo sabe que é proibido perguntar meu nome então eu sou só Ny. Acho fofo.

Melhor grupo

Mas voltando lá nos meus 30 anos quando eu descobri que meu nome podia sim piorar.

Eu precisei de uma segunda via da minha certidão de nascimento. Eu fui registrada numa cidade chamada São domingos do Norte, fica entre o fim do mundo e onde judas perdeu as botas. Ali na esquina da puta que pariu. Chego eu na cidade e vou até o cartório, um moço bem velhinho me atende e explico que precisava da segunda via da certidão, mostro minha identidade e cinco minutos depois o moço me trás uma certidão nova e… MINHAS PERNAS TREMEM… O moço tinha escrito meu nome errado na certidão nova.

Eu: Moço esse aí não é meu nome. Tá errado.

O moço: Não tá errado não, olha aqui.

O moço abre um livro enorme, empoeirado e lá na página MEU NOME RASURADO. tinha um N com um M riscado por cima.

Eu: Moço quem foi o bêbado que rasurou meu nome? O moço: Me desculpa senhora, mas não tem bêbado aqui fui eu mesmo que registrei a senhora quando nasceu.

Me desculpa moço eu tava nervosa. Respira. Tudo bem senhor, olha minha identidade. Tá diferente da certidão que o senhor me deu, pode por favor fazer uma segunda via com o nome igual? Eu já tenho 30 anos eu já odeio esse nome não quero trocar de nome agora.

O moço rasgou a certidão, foi lá e digitou uma nova com o nome antigo. Mas lá em São domingos do Norte tem um livro onde tenho outro nome. E eu odeio saber disso.

Então é isso. Nunca perguntem meu nome e por acaso se alguém aí souber guarde pra vocês. Eu me chamo Nyméria, Ou Bajoriana. Como quiserem chamar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s